Total de visualizações de página

sábado, 8 de setembro de 2012

VAGALUMES

Minhas Fotos - 2012
Queridos Amigos!


Falei diversas vezes, que passei minha infância num lugar encantado.
Acredite! É verdade!
Por lá, não se conhecia eletricidade. As  noites eram  muito escuras! Porém,  o céu era tão cheio de estrelas!
Em tempos de lua grande,  a noite era da cor dourada!
E as outras, adornadas por centenas de  vagalumes, feito minúsculas lanternas a iluminar a noite. Era mágico! 

Então, meu pequeno lugarejo transformava-se  num planeta único, e  os campos   um céu de estrelinhas piscantes . Eu corria nestes “céus”, tentando pegar as pequenas estrelas.
Peguei muitas! Aprisionava as pequenas estrelas num frasco de vidro,  demorava algum tempo, e elas se apagavam! Perdiam a luz, junto com a perda da liberdade. Bastava solta-las para que elas  voltassem a ascender.
Eu tinha um céu cheio de estrelas, e morava num céu cheio de vagalumes!

Um dia minhas pequenas estrelas se apagaram!
Do meu céu, e da minha mente.
Passou muito tempo...
Outra noite, enquanto observava as estrelas do céu, avistei uma pequenina estrelinha piscante nos arbustos do jardim.  
Será ? Um vagalume solitário! Piscou por alguns instantes e sumiu nas luzes da cidade.
A estrelinha  piscante da minha infância veio  reacender minha memória!
Para onde foram os vagalumes?
Dizem que os agrotóxicos os exterminaram.
Eu, acho que foi a chegada da eletrecidade. Acabou  sua função!

Meu pequeno “lugarejo” tem ares de abandonado!
Dizem, que por lá o céu continua cheio de estrelas!
Que a lua grande ainda doura a noite! Porém, agora os campos são somente campos, pois as pequenas estrelas piscantes não habitam mais meu pequeno lugarejo!

Beijos a todos.
Jossara Bes.

11 comentários:

  1. Levaste-me a outros tempos onde a Natureza mais se assemelhava ao Paraíso!...
    E nós pensávamos que a electricidade é que era bom (e é!). A sua chegada tirou-nos esses encantos de ver o Céu carregado de Estrelas, os vagalumes piscando a concorrer com as estrelas cadentes, a Lua com tonalidade e cor, que já não são tão marcantes ...
    Foi bom entrar nesta meditação.
    Lindo o teu Post a recordar belos tempos.


    Beijos


    SOL

    ResponderExcluir
  2. Por estas bandas do Algarve davam-lhe o nome de "luze-cu" ou "luzicu", mas engraçado, por aqui também se deixaram de ver estes lindos bichinhos pretos que, à noite, transmitiam luz.
    Lembro-me também, quando era miúdo, brincava com esses bicharocos. Quem contava mais luzes é que ganhava... era uma confusão porque tanto acendiam a luz do "cu" como desaparecia... e então gerava-se normalmente algum desentendimento.
    Foi bonito recordar tempos de infancia.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  3. Estou fazendo um trabalho de divulgação do meu mais novo blog, portanto hoje estarei te visitando e conhecendo teu espaço. Peço desculpas pelo comentário pronto, não é do meu feitio, faço apenas para facilitar a divulgação. Depois que você conhecer o meu espaço, voltarei para te ler com atenção e fazer comentários individualizados.
    O link do blog é: http://eubipolarbuscandoapaz.blogspot.com.br/ te aguardo lá, obrigada pela atenção, um abraço.

    ResponderExcluir
  4. Puxa,
    vc me fez ficar com saudade dos vagalumes de minha infância. Tb nunca mais os vi!
    Tenha uma ótima semana.
    xoxo

    Gosto disto!

    ResponderExcluir
  5. Olá, Jossara.

    Que bela viagem no tempo, reencontro com a poesia estrelada do passado. Pena o fim dos pirilampos e sua grande lição, de "estrelas nascidas para livre brilhar: "elas se apagavam! Perdiam a luz, junto com a perda da liberdade. Bastava solta-las para que elas  voltassem a ascender".

    Um abração e uma bela semana.

    ResponderExcluir
  6. Olá Jossara
    Que história mais linda é muito bom lembrarmos a infância. Passando para conhecer o seu blog e saber uma um pouquinho de vc.Gostei de tudo um pouco e aguardo sua visitinha. Se vc quiser me seguir fica bem a vontade.Uma feliz semana.
    Ana Brisa

    ResponderExcluir
  7. Querida ja estou seguindo vc viu.Que A Benção de Deus acompanhe cada um dos seus passos nesta semana e que a luz dos seus sonhos brilhe ainda mais forte a cada dia e a cada instante... ♥ ♥ ♥

    bjussss

    ResponderExcluir
  8. Boa tarde, querida amiga Jossara.

    Que bela recordação...
    Eu também corria atrás deles, e era maravilhoso.
    São estrelas rasantes...

    Desejo-lhe uma linda semana abençoada.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Tudo muito belo
    Como sinto saudades.....
    Muita paz, bjs

    ResponderExcluir
  11. Você me fez ficar com saudades daqueles tempos.È verdade os vagalumes sumiram,mas o lugar onde passaste tua infância continua encantado,o céu estrelado e a lua dourada.Estou amando voltar ao passado lendo teus contos e poemas.Bjos

    ResponderExcluir