Total de visualizações de página

sábado, 1 de dezembro de 2012

BOBAGENS

Minhas Fotos - 2012




Conversando com um amigo!

- Cheguei a uma conclusão:
 Não quero morrer!
 Viver é tão maravilhoso! Inexplicável!

Ele, chegou mais perto e disse:
- Jossara, que legal! Isso quer dizer que você é feliz!

Não sei!
Independente de tudo e de todos, sou apaixonada pela vida!
Viver é fascinante!

Voltando para casa,  dia  lindo, sol, céu azul, fiquei pensando na “besteira” que eu falara!
Onde já se viu, chegar a conclusão de que não se quer morrer!

E a gente tem alguma escolha?

“Eta”, conclusão mais besta!
Concluir que não quer a única coisa de que se tem plena certeza!
 O único destino  certo para todos!
Não importa quem você é! Sua posição social, religião, cor,  nada!

Então ri sozinha!
Rir de si mesmo,
É o ápice!



Tenham um fim de semana muito feliz! 
Beijos!
Jossara Bes.

14 comentários:

  1. Oi Jossara,
    Não é um pensamento tão descabido, não! Miguel de Unamuno dizia algo assim: Não quero morrer, não quero nem querer morrer.
    Beijos 1000, divirta-se no final de semana.

    GOSTO DISTO!

    ResponderExcluir
  2. Oi Jossara!
    Para si, com muita alegria, aqui vai um bonito poema que lido ao sabor da música, dá então mais alegria. Tem sentido, sim. A vida é para se viver com alegria... qual morrer!
    Não se esqueça de ler e ouvir: http://www.youtube.com/watch?v=UTU1csGJ4lI

    Viva a Vida

    Eu costumava dominar o mundo

    Oceanos se abriam quando eu ordenava

    Agora pela manhã durmo sozinho

    Varro as ruas que já foram minhas


    Eu costumava mandar

    Sentir o medo nos olhos dos meus inimigos

    Ouvia enquanto a multidão cantava:

    "Agora o velho rei está morto! Vida longa ao rei!"


    Em um minuto eu segurava a chave

    No outro as paredes estavam fechadas contra mim

    E eu descobri, que meus castelos se apoiavam

    Sobre pilares de sal e pilares de areia


    Eu ouço os sinos de Jerusalém tocando

    Corais da cavalaria romana estão cantando

    Seja meu espelho, minha espada e escudo

    Meus missionários em um campo estrangeiro


    Por algum motivo eu não posso explicar

    Desde que você se foi, nunca mais houve

    Nunca houve uma palavra honesta

    Isso foi quando eu dominava o mundo


    Era o vento malévolo e selvagem

    Derrubou as portas para me deixar entrar

    Janelas estilhaçadas e o som de tambores

    O povo não podia acreditar no que eu havia me tornado


    Revolucionários esperam

    Pela minha cabeça numa bandeja de prata

    Apenas uma marionete numa corda solitária

    Oh, quem jamais desejaria ser rei?


    Eu ouço os sinos de Jerusalém tocando

    Corais da cavalaria romana estão cantando

    Seja meu espelho, minha espada e escudo

    Meus missionários em um campo estrangeiro


    Por algum motivo eu não posso explicar

    Eu sei que São Pedro não chamará o meu nome

    Nunca houve uma palavra honesta

    Mas isso foi quando eu dominava o mundo


    Oh, oh, oh, oh, oh


    Ouço os sinos de Jerusalém tocando

    Corais da cavalaria romana estão cantando

    Seja meu espelho, minha espada e escudo

    Meus missionários em um campo estrangeiro


    Por algum motivo que não sei explicar

    Eu sei que São Pedro não chamará o meu nome

    Nunca houve uma palavra honesta

    Mas isso foi quando eu dominava o mundo

    ResponderExcluir
  3. Oi Jossara, devemos viver a vida a proveitá-la ao máximo1
    Tenha uma ótima semana, bjs e fica com Deus!

    ResponderExcluir
  4. Jussara ninguém morre, a existência é uma graça concedida. Mas, ocorrem passagens. Morrer fisicamente as vezes não representa uma passagem tão significativo se compararmos com as mortes que vivênciamos durante esse período de existência na Terra.
    Bjuuus
    End Fernandes

    ResponderExcluir
  5. Morrer certamente é a maior certeza da vida, todos nós iremos, mas todos temos sim que querer viver. A vida é uma dádiva que devemos aproveitar. E desenvolver a capacidade de rir de si próprio é algo que torna a vida tão mais leve que só se pode querer continuar vivendo e vivendo. Abraços

    ResponderExcluir
  6. Oi Jossara,

    se pensarmos que para estarmos aqui tivemos que lutar bastante, desde quando estávamos dentro do útero de nossa mãe, quem continua com esse espírito lutador quer sempre estar vivo. Morrer quando faz parte do nosso destino ainda é aceitável, pior é quando vemos muitas pessoas vivas e já mortas com tantas possibilidades ao redor.
    Gosto muito das suas reflexões, elas me fazem pensar.

    Bejim e ótimo domingo.

    ResponderExcluir
  7. Olá Jossara.

    E quem foi que disse que a gente morre? Um dia, despimos o corpo, nos vestimos de infinito e seguimos vivendo.

    Um abração e uma boa semana.

    ResponderExcluir
  8. Por mais que todos nós sabemos que esse vai ser o nosso destino, ninguém que ir..então vamos aproveitar a vida e os dias como se fossem( e é) único, pois não sabemos quando iremos partir definitivamente.Abraços. Sandra

    ResponderExcluir
  9. Olá querida Jossara, tudo bem?

    Demorei, mais cheguei :D
    Amei a postagem! Eu sempre digo para meu marido e família, que se exite um mundo lá do outro lado, eles que se preparem para a confusão que eu vou causar e para minhas reclamações, pois eu não quero partir não rsrsrs Faço brincadeira de que vou pentelhar tanto que vão me mandar de volta :)
    Eu amo viver! Mesmo com os problemas, os desafios, as lágrimas e dificuldades, eu adoro viver! pois além de tudo isso temos as alegrias, o amor, as pessoas que amamos, as vitórias conquistadas, as amizades, etc :)
    Eu vou ficar bem chateada quando partir, mas, fazer o que né, não tem jeito hehehehe
    Muito gostosa sua postagem, adorei!!

    Um mega beijooo e que sua semana seja ótima!!
    Mil perdões por demorar tanto para visitá-la, mas estou tentando me organizar para poder conversar com vocês com mais frequência, pois gosto muito desta atividade :) mais beijosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Empolguei e escrevi errado, desculpe, é "existe" um mundo...
      :)

      Excluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. IDERVAL TENÓRIO de dezembro de 2012 10:47
    Jossara não querer morrer não é o problema, o problema mesmo é nunca morrer, eu acredito que muitos ficarão para a eternidade. Você mesmo , pelo o que eu tenho visto jamais morrerá, ficarão os seus escritos, as suas lembranças ficarão para a eternidade e mais, se uma pessoa é boa, ou muito boa, sempre um alguém um dia dirá;

    "PARA MIM ELE OU ELA NUNCA MORREU, CONTINUA VIVO OU VIVA NA MINHA VIDA.

    Por isso complemento: tem pessoas que, mesmo que queira,mesmo que um dia morra, jamais morrerá. Você provavelmente faz parte deste grupo. Um abraço forte.

    Agora este mortal que escreve estas singelas palavras, com certeza um dia morrerá, mesmo sem querer, mesmo que não tenha a menor vontade, nem todos são imortais. Iderval.

    ResponderExcluir
  12. Jossara adorei o post, e infelizmente ou felizmente sim temos opção, e ela é tomado no dia a dia sempre, as vez\es podemos não estar "vivendo" mesmo estando vivos. Sempre temos escolha e sim a melhor é pela vida!
    bjss

    ResponderExcluir
  13. Oi Jossara,
    É que viver é tão bom que de vez em quando a gente tem dessas coisas,rs.
    Um ótimo final de semana,abraço,=)

    ResponderExcluir