Total de visualizações de página

sábado, 6 de abril de 2013

NADA SEI

Minhas Fotos - 2013






Eu nada sei sobre mecânica quântica,
ou universos paralelos!
Nem mesmo sobre  joaninhas!

Eu nada sei!

E quanto mais quero saber sobre tantas coisas,
percebo que nada sei!

A lua no céu parece uma vírgula!
Branquinha, frágil!
Sozinha, na imensidão azul!

A borboleta amarela sabe,
que eu nada sei!


Beijos!
Jossara Bes.

14 comentários:

  1. Oi Jossara,
    Adorei o poema, me senti um grão de areia no mar diante da imensidão do que não conhecemos.
    Tenha um ótimo final de semana!
    Bjs

    GOSTO DISTO!

    ResponderExcluir
  2. Ao menos sabes que nada sabes, sendo tal conhecimento, apenas uma parte daquilo que não sabes. Ora, o teu texo poético, gota de água neste imenso oceâno, reproduz um sentimento poético... tomara eu fosse uma joaninha ou uma borboleta amarela ou de qualquer outra cor, para que, num jardim florido, pudesse esvoaçar em teu redor, sussurrando algo que só os ventos o sabem fazer.
    Bjs

    ResponderExcluir


  3. Con la sinceridad en la mano
    y una sonrisa en los labios,
    te deseo un esplendido
    fin de semana!!
    Cumpliendo sueños
    y restableciendo ilusiones...

    Un abrazo de esperanza
    Y un beso de confianza.

    Atte.
    María Del Carmen



    ResponderExcluir
  4. En ocasiones el desconocimiento y el misterio hacen que la Vida sea tan motivadora, apoyada en ese arco iris de curiosidades...Precioso.
    Ya estoy, de nuevo, en Poesíayvivencias...¡¡¡Gracias por estar siempre ahí y por tus muestras de cariño e implicación!!!...Eres un Encanto.
    Abrazos y besos.

    ResponderExcluir
  5. Olá Jossara!
    A essa conclusão chegamos todos. Já dizia o filósofo - só sei que nada sei!
    Na vida quanto mais anos nos passam por cima, mais conscientes da nossa ignorância ficamos.
    Gostei.Abraços.
    M. Emília

    ResponderExcluir
  6. Oi, querida!

    Você sabe subtileza e simplicidade.

    Se a borboleta sabe, então, tudo perfeito.

    Boa semana.
    Beijos da Luz.

    ResponderExcluir
  7. Na vida mais vale sentir, do que saber...saber é um acréscimo, que se aprende com muitos mestres. Mas sentir a vida, é algo que só com a alma podemos vivenciar.
    Uma linda semana pra vc, amiga!

    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
  8. OI JOSSARA!
    QUANDO NOS DEPARAMOS COM AS MARAVILHAS QUE A NATUREZA NOS OFERTA COM TODA GRATUIDADE E GENEROSIDADE,NOS DAMOS CONTA QUE "NADA SABEMOS"...
    LINDO TEXTO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Jossara,

    que lindo poema, o importante não é sabermos tudo, o importante é que todas essas coisas lindas atinjam nosso coração.

    Bejim e obrigada pelo carinho.

    ResponderExcluir
  10. Que Deus te abençoe
    Enquanto eu louvo,
    eu desejo que a benção de Deus se
    derrame em tua vida.
    E que Deus continue a abençoar
    da nossa amizade tão linda.
    E a vida seja simplesmente pura, paz.
    Passei para desejar um lindo dia,
    cheio de bençãos...
    Beijos e carinhos meus,Evanir..

    ResponderExcluir
  11. Parece simples, mas diz muito, o poema!
    E está muito bem escrito.

    Beijinho para si!

    ResponderExcluir
  12. O Sábios e os futuros sábio sabem que nada sabem, todos dizem a mesma coisa, sabem muito e dizem que não sabem. Um abraço Iderval Reginaldo Tenório

    ResponderExcluir
  13. Lindo poema...expressão de humildade! Frágil, simples, delicado como a borboleta amarela!

    Beijos, amiga, e uma abençoada noite!!!

    ResponderExcluir
  14. Querida Jossara

    Ante a magnificência do que nos rodeia, o teu Poema reconhece o quão pequenos somos.
    Magnífica foto.
    Parabéns.


    Beijos



    SOL

    ResponderExcluir